sábado, 19 de junho de 2010

Seres Especiais


As mais belas flores revelam toda a sua beleza nascendo nos mais escuros pântanos,milhares de seres humanos nascem sem oportunidades e mesmo em suas realidades desfavorecidas conseguem irradiar um intenso brilho,são simples de coração e desta forma conseguem transformar tudo a sua volta.Olhe tudo que faz parte do seu dia e observe o que realmente importa,a nossa sociedade vive da exclusividade,do consumo exacerbado e dos produtos a frente de tudo que nossas vidas tornaram-se mercadorias de troca ou de morte.Ouça a canção estelar,deixem as janelas abertas e percebem os ensinamentos cósmicos que podem ser absorvidos na madrugada,enquanto muitos corpos dormem,milhões tem a capacidade de despertar.As vozes ecoam de um longínquo ponto que não esta no espaço e tampouco pertence ao eixo do tempo,unidas reverberam um belíssimo som que acaba por encantar a lua e todos que para ela contemplam seus olhares,recebendo a mágica fonte de conhecimento um jovem viajante do tempo percebe que chegou o momento de compartilhar tudo aquilo que é assimilado da pele para dentro.Saindo do casulo uma pequenina borboleta começa a sua jornada cósmica,arrisca-se e em um belo salto ela muda a sua realidade quando percebe que pode voar,podemos ter essa capacidade,ninguém pode nos impedir de sonhar,quando os sonhos se esgotam tenha certeza que a vida e a vitalidade se esgotam.Rompa as cordas que impedem o crescimento,somos todos seres que carregam a liberdade como a maior das bandeiras,busque libertar os antigos vícios para que se tornem belas virtudes,torne-se especial para você e com certeza se tornará espetacular para o imenso universo cósmico.

3 comentários:

  1. Olá, maravilhoso esse texto... Sinto como se fosse a pequenina borboleta...

    Estarei sempre te acompanhando, seus textos me fazem refletir...

    Beijos

    Dani

    ResponderExcluir
  2. ...há quem diga que "mudar", se transformar é falta de personalidade! Todos temos uma essência. Adaptação e auto-conhecimento fazem parte da evolução.

    Beijo de luz.

    ResponderExcluir