quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Metamorfose

Escrever sobre o novo tempo, fazer a vida pulsar em uma nova tônica, entender que ciclos se encerram e outros começam.
Manifestar o brilho para que as pessoas voltem a sonhar.
Crescer, florescer e se reinventar.
Silenciar, respirar e  meditar na companhia do infinito espaço.
Acredito nas pessoas e que nossos valores possam finalmente retornar para as nossas vidas.
Gentileza gera seres humanos mais pacíficos.
Carinho que se expressa faz a alma pular de extrema alegria.
A magia existe em cada um de nós!
Nascemos para sermos felizes e todos somos livres.
O espirito do sol brilha em cada ser consciente e quando olhamos para as estrelas percebemos o que realmente somos e para onde iremos retornar.
Pés descalços e passos largos, vamos em frente pois o novo precisa ser revelado e o presente apresentado.
Mãos que agradecem são as mesmas que embalam o futuro planetário.
Evoluir é simples, difícil é buscar o aprimoramento a todo momento.
Milhares de bandeiras anunciam uma transformação planetária, mas devemos nos lembrar sempre que esta metamorfose se processa do lado de dentro de nossos densos corpos.
Criar a verdade é seguir os impulsos de um coração puro, não existe mais tempo para vivermos de fatos passados, devemos abandonar as feridas sagradas e libertar nossas essências.
Tambores evocam o ritmo do grande coração, a Mãe Terra pulsa e seus pequenos filhos respondem ao chamado.
Momentos de silêncio criam um enorme vácuo, neste pequeno lapso de tempo e espaço atravessamos a barreira da comodidade e nos transformamos em seres humanos extraordinários.


Um comentário:

  1. Adoro seus textos. Muito me iluminam ! Obrigada pelas palavras :)

    ResponderExcluir